Dia Mundial da Música

By Andreia Morais - outubro 01, 2013


«O Dia Mundial da Música comemora-se anualmente a 1 de Outubro.

A data foi instituída em 1975 pelo International Music Council, uma instituição fundada em 1949 pela UNESCO, que agrega vários organismos e individualidades do mundo da música (Calendar r)».



No meu mundo, música será sempre sinónimo de terapia, forma de expressão e refúgio. É a ela que recorro quando me faltam as palavras certas. Ou quando o meu estado de espírito está pior que a bateria fraca do meu telemóvel. Ou apenas porque sim! Ninguém precisa de um bom motivo para ouvir música. Ouvimos porque nos faz bem. 

Sossega-me a alma e aconchega-me o coração. Quando me perco nas palavras cantadas de um artista que me fascina é uma sensação inexplicável e incrivelmente bela. Faz-me viajar sem precisar de levantar os pés do chão. Inspira-me. Faz-me sorrir e viver feliz. Há poucas coisas no mundo que me permitem ficar neste estado de deslumbramento continuado. É que todos os dias me surpreendo com aqueles que ouço desde sempre e com os novos que vão chegando ao meu ouvido, e que permanecem para o resto da vida.

Tenho um ouvido acolhedor e curioso. Talvez por isso passe o dia a ouvir música e queira sempre descobrir novos artistas e novos temas. E encanta-me esta passagem repentina de um estilo musical para outro, consoante o que sinto no momento. Tão depressa ouço rock como a música seguinte é uma balada. Mas daquelas mesmo lamechas para confortar a caixa-forte que guardo no lado esquerdo do peito. Naturalmente que há estilos que ouço repetidamente e outros que é raro fazê-lo. Não sou grande apreciadora de ópera, mas adoro Fado. E este último tem a particularidade de ser nosso, talvez por isso lhe tenha ainda mais carinho. Se bem que acho que o fado nos caracteriza em tudo aquilo que transmite. 

Não se admirem, por isso, se disser que sou fã de programas como a Operação Triunfo, Ídolos, A voz de Portugal, entre outros. É que Portugal pode ser um país pequeno, mas é gigante a nível de talento. O que me entristece é que nem sempre seja dado aos artistas o reconhecimento que merecem. Como sou otimista por natureza, acredito que um dia isto muda e eles chegarão ainda mais longe. Até lá, continuarei a ser uma sortuda por ter o privilégio de ouvir todos os dias aquilo que Portugal tem de melhor. E por ver aparecer artistas com ainda mais qualidade.   

No dia mundial da música, não podia deixar de recordar os nossos, homenageá-los e felicitá-los pela qualidade com que nos brindam. Não seria capaz de sentir tanto a música se não fosse por eles. Por isso, festejo este dia em português e com artistas portugueses, que sentem com a alma nas mãos e o coração preso a este amor. É um amor com retorno. E um orgulho interminável.

Um dia sem música é um dia perdido. E como eu não quero perder nem um bocadinho daquilo que me faz bem, deixo-vos algumas das minhas preferências musicais. Espero que gostem!


















Muitos outros mereceriam destaque (desde Mariza a Xutos e Pontapés, passando por Rita Guerra, Carminho, Camané, Homem ao mar, Valter Lobo...), mas hoje ficam só alguns exemplos daqueles que me preenchem o coração. E vocês que música(s) escolheriam para celebrar este dia?


«A música pode ser o exemplo único do que poderia ter sido - se não tivesse havido a invenção da linguagem, a formação das palavras, a análise das ideias - a comunicação das almas» (Proust).

  • Share:

You Might Also Like

1 comentários