Muito mais do que um Museu. Um lugar mágico!

By Andreia Morais - fevereiro 08, 2014


«Se espera um Museu, vai-se desiludir... é muito mais do que isso».

A frase é de André Villas-Boas. Depois de ter a oportunidade de visitar o Museu Futebol Clube do Porto by BMG não podia estar mais de acordo. Aquilo não é um Museu. É um mundo à parte. Onde cada área é um misto de história e vitórias. Onde a nossa mística se prolonga infinitamente. É todo o amor azul e branco num espaço incrivelmente fantástico. Não é um museu. É mesmo muito mais do que isso. É nosso. E aquilo somos todos nós que partilhamos um emblema e um amor em comum. São as nossas vivências, as nossas saudades, os nossos sorrisos, as nossas lágrimas, a nossa raça e o nosso coração por inteiro. Somos Porto. Todos os dias. Mas dentro daquele mundo encantado e pintado a duas cores somos ainda mais. 

Não falta nada. Desde troféus à garra e à força que nos move. Sente-se tudo à nossa volta, como se fossemos automaticamente transportados para uma época em concreto. Lá dentro senti-me pequena pela grandiosidade das nossas conquistas. Tornei-me ainda mais saudosista por recordar momentos que vivi de perto. Mas também por todos aqueles que não passei pela pouca idade que tenho em face à história que se escreve desde mil oitocentos e noventa e três. 

«Porque 120 anos de história, um legado de vitórias e um incontornável número de troféus só podiam caber num lugar mágico». Faltam-me as palavras para descrever a emoção que foi estar lá dentro. Olhar para todos os troféus, para a evolução do nosso emblema e das nossas camisolas; ver o nosso melhor onze, saber que tantos foram e são aqueles que lutam incondicionalmente para fazer do FC Porto aquilo que é e que pretende continuar a ser. Ouvir o nosso guia falar-nos de todos eles, explicar-nos momentos únicos que este clube já viveu é de encher o coração. Senti que tinham aberto um livro e nos liam uma história, e que em cada passo que dávamos a estávamos a presenciar sem filtros, sem ser por uma recordação, mas por estarmos lá. É incrível, mas se fechasse os olhos quase que podia jurar que tinha vivido tudo aquilo. 

Ainda não acredito que presenciei todos aqueles recantos mágicos de uma história sem igual. A constelação do Dragão. O brilho universal. O azul ao fundo do túnel. O corredor dos presidentes. O sempre presente. O universo invicto. O único pentacampeão. O espaço do presidente. O autocarro coberto com as nossas vitórias. Os nossos. O nosso destino. O calcanhar. O futuro hoje. O balneário. Aleluia. As Antas. O Dragão. As notícias. A rádio. O ser Porto. O espaço K. A história interminável. E tanto mais que me falha por me faltar a sagacidade de conseguir enumerar fielmente tudo aquilo que os nossos olhos podem acompanhar numa dança impaciente por querer descobrir sempre mais. Aquilo lá dentro é um mundo. E cada vez tenho mais orgulho por fazer parte dele. 

«Alfa Draconis, Thuban ou, muito simplesmente, Dragão. Da estrela dominante da constelação com o mesmo nome, que envolve o firmamento de uma notável colecção de troféus, derivam o conceito e o símbolo do Museu Futebol Clube do Porto by BMG. O astro, obviamente azul, recebe o visitante à entrada e acompanha-o ao longo de todo o percurso, mantendo intacta a capacidade orientadora que fez dele estrela Polar nos tempos de pirâmides e faraós. Hoje, 4800 anos depois, a constelação do Dragão conquistou a tripla função de evocar episódios históricos absolutamente libertadores para o clube que inspira, de concentrar numa imagem todas as estrelas que vestiram a camisola azul e branca e de servir de referência e guia para novas vitórias. No Estádio do Dragão, o Museu Futebol Clube do Porto by BMG atribui à constelação do Dragão o lugar que lhe pertence por direito, reservando-lhe o tecto celeste que domina e ilumina uma colecção particular invejável. No género, nada se lhe compara em Portugal, distinguindo-se, inclusive, como a mais vasta exposição de troféus oficiais e aquela que concentra maior número de exclusivos. Só aqui podem ser admiradas obras mundialmente aclamadas e desejadas, como a Taça Intercontinental, a versão dos tempos modernos da Taça dos Campeões Europeus, a Taça UEFA ou a Supertaça Europeia. E ainda três exemplares do mais recente troféu de Campeão Nacional ou a novíssima Supertaça de Portugal. Das origens à eternidade, a viagem pelo Museu toca três séculos e faz-se para lá do tempo e do espaço, numa dimensão emocional garantida por episódios ímpares de uma história realmente única. Da saga da afirmação a vitórias em ambiente de desigualdade, ou do fundador ao presidente mais titulado do futebol mundial, são frequentes os episódios de superação. Para os conhecer a todos, basta seguir as estrelas».

Preciso lá voltar. E por mais vezes que o faça tenho a certeza que será sempre uma descoberta constante. Era capaz de ficar lá um dia inteiro. A admirar todos os pormenores. Todos os vídeos. Todas as frase. A contemplar tudo. E a sentir o lado esquerdo do peito a aumentar de tamanho por toda a felicidade que é fazer parte desta grande família. Muito mais do que um clube é uma forma de sentir. Por isso não podia ser um museu, tinha que ser um lugar mágico à altura da nossa história. É preciso ver para acreditar. Mais do que isso. É para sentir e deixarmo-nos envolver ainda mais neste amor maior.

      
Se ouviram dizer que os caloiros e comunidade académica da Escola Superior de Educação do Porto foram assistir ao jogo do Futebol Clube do Porto na passada quarta-feira, no Estádio do Dragão, ouviram bem. Fomos mesmo! Não foi nenhum castigo. Mas a culpa é mesmo da praxe por nos proporcionar uma oportunidade tão fantástica como esta de vermos o Museu e o jogo por apenas cinco euros. E, além disso, criar mais momentos que mais tarde recordaremos com saudade. Sem tristeza. Com um enorme sorriso. 

De traje e capa traçada. Com a minha casa. Com os meus. E um sonho realizado. Eu estive lá, aplaudi, festejei até me falhar a voz o golo do Quaresma. Senti o coração a palpitar freneticamente. Sofri. Não controlei os nervos que me percorriam o corpo todo. Cantei. E nunca duvidei da vontade em querer vencer e continuar em frente. No fim aplaudi de pé e em silêncio agradeci por ter um coração azul e branco. Por saber o que é ser Porto todos os dias da minha vida. Valeu cada segundo.

Há um amor que nos une. Incondicionalmente. Até ao fim!  

  • Share:

You Might Also Like

21 comentários

  1. Todo o clube precisa dessa força :P
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Exatamente. Chega a uma altura em que temos que cuidar de nós, porque mais ninguém o fará.

    ResponderEliminar
  3. É mesmo :s
    que sorte mor, eu vi os caloiros. Adorava ir ao Museu, eu que ver isso :)
    bom fim de semana *

    ResponderEliminar
  4. É lindo ler este teu amor pelo Porto. É lindo :) Conheço poucas pessoas que amem tanto o seu clube.
    Quanto ao museu... senti exactamente o mesmo quando visitei o do meu Benfica. E o coração ainda me pára ao recordar o equipamento rasgado do Fehér.
    Há coisas que não se explicam, sentem-se!!

    ResponderEliminar
  5. Adorava um dia sentir isto que acabaste de descrever quando visitar o museu do Benfica :D
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Ainda não visitei nenhum museu de um clube, mas, para um apreciador de futebol, para uma pessoa que viva o seu clube, deve ser uma experiência verdadeiramente feliz :)

    Aproveita as promoções dos voos. Há imensas. Não é mesmo nada caro viajar para Barcelona :)

    ResponderEliminar
  7. Se todos os clubes tivessem adeptas como tu, Jesus :))
    Eu quando mal vi uma fotografia tua no facebook no museu imaginei que falasses disso aqui, hihi :b estava a ver que não voltavas :c

    vais ver que tens boas notas nos exames querida! depois tens que avisar. De nada queridaa :)

    obrigada por passares lá *.*
    beijinhosss ♥

    ResponderEliminar
  8. Quando têm o rei na barriga é assim -.- isto aconteceu com a Patrícia (que tu conheces) várias vezes, comigo é a segunda vez e pode ser que seja a última! porque eu não sou tão bondosa -.-
    Num instante passou uma semana :o quando for ao Porto levas-me lá ao museu e se ainda for 5€ pago o teu bilhete, ahah. por esse preço vale a pena :c

    óhh, vais ver que te safas :))

    ainda bem querida, fico contente *.*

    beijinho fofinhaa ♥♥

    ResponderEliminar
  9. E é verdade, eu vivos muitas vezes :)
    Também quero ir *
    obrigada.

    ResponderEliminar
  10. O mais absurdo é que são sempre essas pessoas que se safam ao invés das que estudam :/
    Bom Domingo linda *

    ResponderEliminar
  11. r: muito obrigada por toda a força, e pelo elogio :3

    ResponderEliminar
  12. Amiga é muito bom visitar museu eu gosto. Mais esse
    deve ser um show amei as suas palavra esta ótima amei.
    tenha uma semana abençoada.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  13. 6 euros? Que sortuda. A minha viagem de ida e volta foi 40 euros :)

    ResponderEliminar
  14. Bem deve ser um lugar muito bonito. Gostei muito do que escreves-te. Devia de existir mais pessoas como tu. Um beijinho

    ResponderEliminar
  15. r1: ele com estes momentos sabe como me deixar toda derretida c:
    r2: Oh, mas não consigo deixar de me sentir assim $:

    ResponderEliminar
  16. quero la ir :D
    FCP <3
    uma optima semana :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  17. Oi minha, vi sua divulgação e vim aqui visitar seu blog, simplesmente adorei e quero te convidar pra seguir o meu blog o http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ , lá vc segui também pelas redes sociais que retribuo tudo com todo carinho...Estarei lhe aguardando pra retribuir em menos de 24 hs...beijos e beijos da Lu

    ResponderEliminar