À boleia do mundo #7 (Parte 1)


Capitulo 7
Sábado, 09.08.2014


06h20: Mais uma dia que começa cedo. Lá fora já se ouve o chilrear constante e sincronizado dos passarinhos. 
Vou arranjar-me e tomar o pequeno-almoço, depois seguimos viagem. Só espero que o tempo esteja bom!

07h47: Vamos pelo caminho de sempre, rumo ao destino destes últimos dias.

Antes de chegarmos a Rio de Onor há um caminho de terra que nos leva até à Árvore Notável: um carvalho negral com cerca de quinhentos anos. Fui lá vê-lo o ano passado e é absolutamente magnífico observar a sua grandeza. Três pessoas não chegam para o abraçar. Não é um simples carvalho. Tem história!

08h21: Vimos duas corsas, uma delas bem pequenina. Talvez fossem mãe e filha. Que animais lindos!

08h48: Chegamos, mas não sei se vamos ficar. O tempo não está grande coisa.

Não está vento, mas está frio e o sol não quer aparecer. Aproveitei para tirar fotografias ao nevoeiro que parece sair de dentro das montanhas. E fui ver se encontrava pica-paus. Não fui suficientemente rápida, mas o meu pai teve sorte.
Conhecem a expressão «estar como o tolo no meio da ponte»? É assim que nos sentimos neste momento, pois não sabemos se devemos ficar ou ir embora. Tenho muita coisa que quero visitar, por isso, e ainda que adore o lago, não me importo de rumar a outras paragens, até porque o tempo está mesmo incerto.

09h26: Optamos por não ficar. Vamos até Ribadelago tentar ver o «Cañón». Entretanto pode ser que melhore. 

09h36: Estamos em Ribadelago. Que comece o passeio!



Continua...
(qualquer dúvida não hesitem, deixem nos comentários ou mandem por e-mail)

Comentários

  1. Que máximo realmente deve ser lindo esse lugar espero, lindas imagens
    Sucesso e fica com DEUS.

    ResponderEliminar
  2. Que o passeio seja ótimo!

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Que o passeio seja ótimo!

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Gosto tanto de viajar contigo! Estou curiosa com a continuação :)

    ResponderEliminar
  5. Texto muito lindo! Continua, tens talento!! :)
    Adoramos o teu blog e já estamos a seguir, passa pelo nosso , tem look novo por lá! Beijinhos
    http://hashtagwwgu.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Que bonito, fazes mesmo com que viajemos contigo :D

    ResponderEliminar
  7. Estou adorando o Conto e já aguardo com expectativa a continuidade.
    Abraço.

    ResponderEliminar
  8. que passeio tão bom, eu também gosto de passear pela Natureza então com uma máquina na mão uiui :)

    ResponderEliminar
  9. r: eu também não sou muito de acompanhar novelas, vejo quando calha sem qualquer responsabilidade de ver todos os dias :)

    ResponderEliminar
  10. r: pois foi, e sinceramente nem esperava estar tão calma ahah

    ResponderEliminar
  11. Mais uma viagem incrível; ansiosa pela continuação :P

    Beijinhos <3

    ResponderEliminar
  12. Gosto tanto de Rio de Onor =)!
    Já viste que o Diogo Piçarra vai ao Porto em concerto? Claro que já deves ter visto mas quando vi o anúncio lembrei-me de ti eheheh

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. deve de ser uma aventura e tanto!!!
    diverte-te muito!!!

    ResponderEliminar
  14. Que texto gostoso, viajei contigo *---*

    ResponderEliminar
  15. Oh, não conheço nem nunca ouvi falar desse local mas só pela foto parece-me que vale muito a pena conhecer :D

    ResponderEliminar
  16. Olá Andreia:
    Parabéns pela tua escolha, Riodonor, até há pouco tempo era uma das poucas aldeias comunitárias, bem como o dialeto Rionorês, preservado pelos mais velhos.
    As suas casas de pedra ou madeira com telhados revestidos de ardosia, com a particularidade, de terem dois andares, no rés-do-chão ficam os animais e as arrecadações dos seriais e outras colheitas, no andar de cima é a habitação das famílias. Até as construções mais recentes obedecem obrigatoriamente a esta traça, para não descaracterizar esta tão bela e singular aldeia, do nordeste transmontano.
    Parabéns pelo destino, e deixa um grande abraço ao carvalho!
    Pede-lhe para ele te contar uma só história!
    Olha, delicia-te com uma boa posta mirandesa, ou um bom prato confecionado com porco bísaro.
    Depois nada como uma boa caminhada por um dos trilhos pedestres, para fazer a digestão!
    Segue viagem pelo parque de Montesinho, ou do Azibo!
    Tens sempre uma boa foto a tua espera!

    JINHOS

    ResponderEliminar
  17. Que giro, adoro estas viagens, ou melhor, adoro viajar contigo ;) Esse carvalho deve ser enorme mesmo ! E ver corsas, adorava... O rio é lindíssimo e a foto está deslumbrante... valia a pena, publicar essa imagem no site olhares, acho que ias ficar surpreendida com os comentários. Vale a pena, não só por esta foto, como por outras fotografias que aqui, publicas.

    Beijinhos querida*

    ResponderEliminar
  18. Que bom é viajar contigo! Fico à espera da continuação.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  19. Que bom é viajar contigo! Fico à espera da continuação.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  20. Eu cá acho que me vou perder de amores por ela. Como não me costumo mimar, acho que vai ser desta :)
    Sim, é verdade. Tenho de começar a pensar mais em mim. Eu sofro as dores dos outros e ninguém sofre as minhas dores. Portanto, embora saiba que haja pessoas com problemas gravíssimos começo a perceber que os meus são os meus e que carecem de alguma atenção. Se calhar é mesmo isso que falta para eu os resolver: a atenção!
    Obrigado por me abrires os olhos!!! Tens a maior razão do mundo <3

    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  21. Viajar é ter o mundo nos olhos e na alma.

    Diverte-te !


    Beijinhos

    ResponderEliminar
  22. Viajar com estes teus textos é como se te acompanhasse, orá que comece a viajem.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário