Qualidade máxima!


«É maior que nós dois. Bem maior que nós dois».


A sala um do Hard Club foi pequena demais para tanto talento. Valeu-nos a estrutura sólida deste edifício com história, porque, caso contrário, teria vindo a baixo com toda a energia que encheu o espaço de uma ponta à outra. Senti o chão a tremer por baixo dos meus pés e as paredes a ecoarem todas as músicas que cantamos a uma só voz. Se olhasse à minha volta, nenhuma daquelas pessoas me era familiar, mas o incrível de tudo isto é que gritamos, saltamos, choramos, vibramos todas juntas. Acho completamente impossível alguém ter saído de lá de expectativas defraudadas, pois aquilo que o Diogo fez em palco só está ao alcance dos grandes artistas. Oh, e como ele foi enorme!

Quis tanto que este momento chegasse que, confesso, pareceu-me irreal olhar para o calendário e constatar que já era dia um de maio. Só acreditei quando a ansiedade se apoderou de mim. Quando o nervoso miudinho começou a deixar-me as mãos tremules com o aproximar da hora. Quando o vi e o ouvi. E de repente ali estava ele. Ali estava eu a realizar um sonho! Podemos voltar ao início? Passou demasiado rápido. Mas passaria sempre, não é verdade? Por ser quem é, sim! Não me poupo a elogios, até porque ele não se poupa na entrega. E quem esteve sentiu que naquele palco ficou o que ele é: verdadeiro. Um talento que não conhece limites.

Iniciamos com um «Sopro» que nos inquieta e terminamos com um «Café Curto» que nos deixa a pedir por mais, e o álbum foi-nos apresentado ao vivo com mestria. Pelo meio houve tempo de combinar «Problema de Expressão», «Number One», «Os Tais» numa música só, ouvir uma versão brilhante da «Stay With Me», ficar boquiabertos com um pedaço de «Chaga» e recuar no tempo com a «Se eu fosse um dia o teu olhar». A versatilidade de estilos destaca-o, mas o que o torna diferente é a coerência com que os mistura. Ele sabe o caminho que quer seguir, por isso é que nos conquista em tudo aquilo que faz. Não consegui conter as lágrimas na «Margem» e na «Volta». Mas também não deixei de saltar, por exemplo, na «Falso Espelho» e na «Não Me Perco». Não tive tempo para parar um segundo que fosse - e ainda bem; foi uma montanha russa de adrenalina. 

A qualidade de produção é inegável, uma vez que se nota toda a preocupação e cuidado para que cada pormenor, desde o alinhamento aos efeitos de luz, resulte na perfeição. E como alguém estava a dizer depois de o concerto terminar, «ele não é um simples cantor, atenção. Vai longe» - palavras sábias que me fizeram aumentar o coração ainda mais. É este cantar de dentro para fora, esta identidade única, que me fascinam. Naquela sala um, que marcou a grande estreia no Porto, vimos magia a acontecer. Foi incrível e uma data de adjetivos que me faltam para descrever com justiça a grandeza do concerto. Mas talvez não sejam precisas palavras, porque as memórias ficarão para sempre.

Estava casa cheia. E barulhenta. Muito barulhenta! E também por isso é que foi tão entusiasmante viver de perto cada fragmento da noite de ontem. É a recompensa e a nossa forma de agradecer pelo talento, pela disponibilidade, pelo espetáculo memorável. Este «Espelho» (e não só) tão seu, que o define, já é um pouco nosso também. E nunca será demais escutar um artista tão completo e fora de série como o Diogo. Não tenho o direito de pedir alguma coisa, mas espero que não fique «Longe» por muito tempo, o Porto precisa que ele volte mais vezes! 

You Might Also Like

31 comentários

  1. É um enorme talento ele, tão contente por ti, por teres ido, deve ter sido mais um sonho tornado realidade para ti.
    Estou viciada nas músicas dele e a culpada és tu xD

    Vá, beijinho e um bom sábado :)

    ResponderEliminar
  2. r: eu também quero, adoro a cidade :)
    bom fim de semana *

    ResponderEliminar
  3. Ele tem um talento enorme e sabe aproveitar cada momento! Fico mesmo feliz que tenhas gostado e que tenhas vivido este momento maravilhoso!
    Eu adorava ter ido!

    ResponderEliminar
  4. Acho que não o conheço :))
    Mas por este texto tenho a certeza que ele é excelente :))

    ResponderEliminar
  5. Deve ter sido muito bom :) das músicas que já ouvi fiquei fã!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Ainda bem que valeu a pena!

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Por acaso ainda na semana passada lá fui a um concerto também ;) Não conheço o trabalho dele, mas fico muito contente que tenhas gostado e vibrado assim tanto, faz-nos muito bem! ;) Bom fim de semana, querida!

    ResponderEliminar
  8. nossa que maximo, não conhecia ele, mas deve ter muito talento mesmo, beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderEliminar
  9. Texto e musica maravilhosa não conheços mais canta
    de mais arrasou, bom final de semana
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=3xZdo8xMv34
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  10. r: oh podes aceitar quando quiseres! Aproveita e diverte-te! :)

    ResponderEliminar
  11. Concertos sao uma das que eu mais amo, assisti muitos, e muitos foram muito incredívels, algum que eu achaba que ia gostar muito, depois amei.
    Um dia quero fazer um post a falar dos concertos que eu assisti.

    Beijos minha linda

    ResponderEliminar
  12. Ainda bem que te divertiste a vê-lo :) Quem me dera..

    ResponderEliminar
  13. r: oh a sério? Olha que os éclaires deles não têm nada a ver com os vulgares de pastelaria... Até hoje ainda não conheci ninguém que não gostasse, considera-te desafiada! ;) Beijinhos!

    ResponderEliminar
  14. Fico tão feliz por saber que conseguiste cumprir um dos teus sonhos e ver um cantor que tanto admiras! Que venham muitos mais concertos e que ele continue a crescer :) Porque sim, ele irá longe!

    ResponderEliminar
  15. Fico feliz por te teres divertido!
    ele tem um grande talento! :)

    ResponderEliminar
  16. estou muito contente por ti, que bom! :) beijinho grande querida

    ResponderEliminar
  17. Que alegria heim?
    Fico feliz ao perceber a sua felicidade e entusiasmo minha amiga
    É muita emoção quando vemos um lindo sonho como o seu ser realizado em grande estilo
    Que venha outros concertos!
    Muita luz e grandes alegrias para você Andreia
    Um super beijo

    ResponderEliminar
  18. Gostaste, aliás, já gostaste antes de gostar. Encheu-te de prazer, eu sabia que sim. E vibraste deprazer.
    Kis:>)

    ResponderEliminar
  19. Quanta intensidade!

    Será 'só' a música?

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Que lindo *.* Imagino o quão brutal não há-de ter sido :)
    Quero muito assistir a um concerto dele. É de um talento imenso!
    Beijinho, linda* <3

    ResponderEliminar
  21. Muito obrigado mesmo, querida!!! O vosso apoio tem sido mesmo fabuloso e nem tenho palavras para descrever! Fico grato por ter encontrado tanta gente boa :D

    Já ouvi muito bem desse baton. Onde se compra?
    <3

    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  22. Sabes o que é que eu dei de prenda de dia da Mãe à minha mamã? :p e que quando fui comprar só me conseguia lembrar de ti? :p

    ResponderEliminar
  23. E fantástico e arrepiante quando vemos os nossos ídolos como um show fantástico :)
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  24. Estava tão ansiosa por ler este post!
    Tanta emoção só de ler tudo isto, quem me dera ter lá estado :')
    Só espero que muita gente que foi a esse concerto sem nunca ter ouvido uma música sem ser a "volta", não se ponha a vangluriar-se que foi e que é a sua maior fã quando não fala nem metade da maneira que falas deles por cá, e ao tempo que o fazes! *.*

    O Porto é a casa dele, claro que não se esquecerá!

    ResponderEliminar
  25. r: Sim, ele realmente disse tudo e com toda a razão!

    ResponderEliminar