Lágrimas

By Andreia Morais - maio 31, 2016


Sinto-me a afundar
Em mim
E há lágrimas 
Que me doem
E que já não consigo chorar

  • Share:

You Might Also Like

8 comentários

  1. Não se deixe afundar minha amiga a vida é um bem muito precioso e que muitas vezes nos surpreende.
    Continuação de uma boa semana e pensamentos positivos.

    ResponderEliminar
  2. Todos temos dias assim... menos bons, faz parte.
    Beijinhos Andreia. :)

    ResponderEliminar
  3. Então, o que é isso?
    "Bota" a cabeça de fora, respira fundo e continua a nadar, que algum dia hás de chegar a bom porto.

    P.S. Aproveito para te dar os parabéns atrasados (ontem esqueci-me ) pelo regresso do teu "ciganito" aos golos. É pena que quando o CR7 chegar ele dificilmente tenha lugar na equipa e tenha que voltar ao negócio das t-shirts contrafeitas. eheheheheh

    ResponderEliminar
  4. Mar calmo nunca fez bom marinheiro, rema **

    r: É muito bom sim!

    ResponderEliminar
  5. Muita força querida.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Muita força minha querida <3
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Poema paradoxal. É nas lágrimas que afundamos, mergulhamos ou nos afogamos! Quando a poetisa já não consegue chorar, no quê se afoga? No pranto contido da alma, que os mecanismos do corpo se recusam a verter. É belíssimo! Beijosssssssssssssssssss

    ResponderEliminar