Família Morais on the road: Vinhais


«Desde tempos muito remotos a produção principal desta freguesia e deste concelho era o vinho, como está dizendo o seu nome»


A nossa viagem de regresso nunca é feita em linha reta, isto porque não vamos diretos para casa. Aproveitamos sempre para visitar um lugar novo, que tanto pode ser por terras portuguesas, como por terras espanholas. Isso dependerá do itinerário que o meu pai idealizou. E que mantém em segredo até ao dia em que nos despedimos das férias. Este ano, tivemos a oportunidade de explorar dois locais que, até então, só conhecíamos de nome. Um em Portugal. E outro em Espanha. A nossa primeira paragem? Vinhais!

Conhecida como a Capital do Fumeiro, esta vila portuguesa pertence ao distrito de Bragança, Região Norte e sub-região do Alto Trás-os-Montes. Apesar de as suas origens «terem levantados muitas interrogações», a sua história é bastante interessante e podem lê-la aqui. Relativamente à caracterização física, o seu território «está integrado no Maciço Hespérico, formação antiga profundamente metamorfizada e entrosada por rochas plutónicas. Com relevo acentuado, percorrida pelas correntes do Tuela e do Rabaçal, que se precipitam no Tua e este no Douro (...) É uma região marcada por prados permanentes (lameiros), grandes extensões de carvalho negral, soutos de castanheiros e searas de trigo e essencialmente centeio» [podem ler mais aqui]. Estendendo-se por uma vasta área, Vinhais está subdividida em 35 freguesias. 

O segredo para se conhecer é estacionar o carro. E caminhar. E foi exatamente isso que fizemos! Acompanham-me?

Centro Cultural Solar dos Condes de Vinhas: Foi o primeiro edifício que vimos, ainda que apenas por fora. Possui «biblioteca, espaço internet, capela, teatro e cafetaria, propondo uma agenda cultural variada e diversas exposições temporárias». E «uma coleção permanente de pinturas de António Palolo».




Os Anjos de Vinhais: 
Pelo que, posteriormente, pesquisei, «é um monumento à praga da filoxera que dizimou as vinhas de Vinhais». E foi a única informação que consegui encontrar a este respeito.




Fonte do Cano: Situada no largo do Arrabalde, «apresenta um brasão de enorme valor artístico (...) Nas laterais afigura-se com dois painéis de azulejo nacional, dos anos 30 do século XX, apresentando, a um lado, o Pelourinho da Vila e, ao outro, a extinta Capela da Misericórdia».


Castelo de Vinhais: É um «conjunto arquitectónico militar românico e quinhentista. De planta irregular com construções em xisto e dupla muralha (...) tendo várias torres de planta quadrangular e cubelos. A malha urbana desenvolve-se de forma desordenada, estruturando-se à volta de um largo no qual se encontra o pelourinho». Para além disso, encontramos o Miradouro Casa dos Militares, com uma vista magnífica. A Casa da Vila, edifício construído em 1930, onde existe uma «capela particular devota de Nossa Senhora da Conceição» e onde se encontra «o Centro de Interpretação da Natureza do Parque Natural de Montesinho». A Casa da Música de Vinhais, instalada no restaurado edifício que, outrora, «albergou os Paços Medievais do Concelho e a Cadeia Municipal». E, por fim, a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Assunção, «simples, com uma nave, em cuja fachada se distingue o portal de verga lisa, que está concluído por duplo vão onde aparecem os sinos».






Largo do Arrabalde: É um lugar emblemático de Vinhais. E foi durante vários anos praça do mercado. É neste espaço que podemos encontra a «Bolideira XXV», uma escultura de Carlos Barreira.


Houve, naturalmente, outros pontos que me chamaram à atenção, como o caso do Centro Interpretativo do Porco e do Fumeiro, do Tribunal, da Câmara Municipal, da vista para a Zona de desporto e lazer e de uma Casa em particular, pelas suas cores que não passam despercebidas!



A visita já vai longa. Contudo, acreditem, ainda ficou muito por descobrir! Foi uma manhã muitíssimo bem passada e espero voltar em breve. Já conheciam Vinhais?

You Might Also Like

19 comentários

  1. Adoro conhecer lugares novos do nosso belo pais :) Excelente post, cheio de conhecimento e de fotos lindas :)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  2. Isso é bem giro...vir embora de algum lado e aproveitar para visitar outros. Também já o fiz algumas vezes
    Kiss

    http://inspirationswithm.blogspot.pt/?m=1

    ResponderEliminar
  3. Não conhecia, mas adorei as fotografias que tiraste. É um sitio muito bonito :)

    ResponderEliminar
  4. Andreia é maravilhoso conhecer novos lugares, que belos esses lugares, as fotografias ficaram sensacionais, Andreia bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  5. Nossa deve ser muito legal conhecer e deve ser bonito também.é bom conhecer lugares novos.

    Beijinhosss ;*
    Blog Resenhas da Pâm

    ResponderEliminar
  6. Adorei a fonte, tenho uma paixão por fontes que não consigo mesmo explicar! =)
    Beijinhos,
    http://chicana.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  7. Precisamente no ano em que fui a Sanabria também estive em Vinhais. Acampei lá no Parque de Campismo, que fica no Parque Biológico. Não sei se lá foste, mas é muito bonito! Ao lado também há imensos percursos para caminhar ou andar de bicicleta, que foi o que fizemos. E lembro-me que há várias lagoas também. :)

    ResponderEliminar
  8. Nunca fui a Vinhais... mas, pela magníficas fotos, parece que vale mesmo a pena passar por lá.
    Continuação de boa semana, amiga Andreia.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  9. R: Acredito, ainda é longe.

    Não conhecia Vinhais, mas pelas fotos parece mais um sítio lindo e cheio de história para descobrir.

    ResponderEliminar
  10. Se gostares da ideia, tenta acampar lá no Parque Biológico! É incrível! Ouves os animais durante toda a noite! :)

    ResponderEliminar
  11. Gostei tanto das fotografias!!! Adoro este tipo de posts!

    Beijinhos. Faz a tua pergunta no blog para eu responder a um Q&A!
    That Girl | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER

    ResponderEliminar
  12. Mais um local que ainda não tive a oportunidade de visitar!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  13. Adorei as fotografias! Fiquei cheia de vontade de ver tudo! :D
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Parabéns pelas belas fotos! Sou transmontana de gema,sou do Conselho de Mirandela e distrito de Bragança, conheço vinhais. É maravilhoso.
    Bjs

    ResponderEliminar
  15. Olá Andreia. Não conhecia o local, mas pelo post vejo que é um bom destino para conhecer e passear. As fotografias deixam transparecer isso mesmo.

    Beijo,
    Patrícia

    ResponderEliminar

  16. Obrigada pela partilha,adoro conhecer lugares novos.

    ResponderEliminar
  17. Oi Andreia
    Fiz uma bela viagem através dos seus olhares nestas fotos fabulosas
    Beijos

    ResponderEliminar
  18. Obrigado, meu anjo. Vale super a pena :D

    Da zona de Bragança não conheço nada... Nada mesmo!
    Fiquei rendido!

    NEW OUTFIT POST | All About my Last Weekend + Trendy Casual Combo!
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar