Diogo Piçarra


«Os mais simples detalhes em alguém faz você admira-la, pois é o que a torna especial».

«Surge no panorama da música portuguesa como cantor, intérprete, músico e artista. Português, natural de Faro, mas com os olhos postos no Mundo, é em 2006 que inicia um percurso que lhe mudaria a vida para sempre». E mudou! Porque sempre existiu nele essa vontade. Foi na 5ª edição do Ídolos que tivemos um maior contacto com o seu talento, mas depressa se percebeu que não ficaria por ali. Era impossível quando canta com tanto amor. Venceu em título com inteira justiça, mas para muitos de nós já ocupava esse estatuto pela forma brilhante como interpretou cada uma das canções. Há muito talento aqui, prova disso é o primeiro original, Volta, e todas as versões que fez com o término do programa. Construiu um caminho próprio e versátil, por isso é que hoje o conhecem como Diogo Piçarra e não como "o vencedor do Ídolos". Claro que essa fase fará sempre parte da sua história, mas o artista que ele é não se reduz a esse momento. Conquista-nos todos os dias e há-de ser assim até ao fim.

Não chamarei a isto rubrica, mas todos os textos que escrever sobre ele estarão aqui, até porque faço questão de acompanhar esta viagem.